• Mario Bastos

Quero entender melhor


Todos os dias conversamos, falamos, teclamos com alguém, queremos saber como essa pessoa está, o que acontece na sua vida, novidades, enfim, procuramos nos aproximar mais do nosso próximo.

Temos que entender que quando travamos esse diálogo, acabamos nos tornando mais próximos, até mesmo íntimos dessa pessoa, e ela de nós.

Porém as vezes cometemos alguns excessos como por exemplo, começamos a cobrar que aquela pessoa com quem estamos nos aproximando, pense e aja como nós, ou até mesmo que ela agisse como gostaríamos.

Também começamos até mesmo a cobrar uma reciprocidade de amizade, atos e atitudes, pois se nos abrimos com a pessoa, achamos que ela tem que ser e estar na mesma intensidade para conosco.

Gostaria muito de entender como seria essa relação, pois se somos únicos, e nos relacionamos com outras pessoas, porque temos essa tendência de nos “apropriar” da vida dessa pessoa, querer até mesmo comandar como ela deveria agir e viver.

Tenho plena convicção que se você, eu e todos cada qual com sua “bagagem” própria de vida, compartilhássemos uns com os outros, sem esperar nada do outro, apenas que ele nos ouvisse sem julgamento, e nos amasse sem esperar nada em troca seria o ideal para viver e conviver em paz, sem comunicação travada e etc.

“Querer entender o outro, é deixando-o em paz para viver sua vida”.

Mario Bastos


1 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital