• Mario Bastos

Primeiros amigos. Parte I



Participei há alguns dias, de um encontro de turma do meu colegial (Ensino Médio, atualmente), faz décadas que nos formamos e antes da pandemia nos encontrávamos com uma certa frequência.

Passamos algumas horas juntos, muito agradáveis e divertidas. Todos nós na faixa dos 50 a 60 anos, rindo, sorrindo, brincando com uma energia deliciosa de adolescentes que éramos num passado relativamente distante.

Claro que cada um de nós, com sua realidade, repleta de momentos felizes, outros até mesmo tristes, mas naqueles momentos, deixamos tudo de lado, para vivermos momentos únicos, e eu ali feliz brincando, abraçando e me confraternizando com os primeiros amigos da minha vida.

Falo primeiros amigos, porque muitos estudaram comigo desde o primário e foram até o colegial. Ao final, depois de todas aquelas memórias no ar, me senti muito feliz, pois ali não importava questão social, financeira e quaisquer outros valores da sociedade, mas sim somente a felicidade por sermos amigos.


“Os primeiros amigos nunca esquecemos. ”
MARIO BASTOS

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo