• Mario Bastos

Amor de pai 1


Quem me conhece, sabe que tenho um filho com TEA, mais comumente conhecido como autista, um anjo que Deus me mandou para cuidar e zelar.

E ele é fantástico, um ser puro, verdadeiro e sincero, afinal de contas eu o admiro e aprendo muito com ele, pois suas atitudes independem de qualquer situação, simplesmente faz porque sente.

Não se preocupa com as “amarras” da sociedade, com o que pensam dele, simplesmente vive, sorri, ri, fica bravo, reclama, enfim, age com a maior naturalidade sem se preocupar com nada e com ninguém.

E além de tudo, possui um carisma enorme, as pessoas que o conhecem o amam, aí olho para ele e penso: “Problemas? Angústia? Depressão?” para que os tê-los, viva sua vida da melhor maneira possível.

“Te amo filho, meu mestre.”
MARIO BASTOS



0 visualização0 comentário