• MARIO BASTOS

Feliz, satisfeito?


Feliz, satisfeito?

Quanto mais observamos a vida e a nós mesmos, começamos a entender e compreender muito sobre nós e os comportamentos das pessoas ao nosso redor.

Palavras, atitudes, o que o outros falam, dizendo uma coisa, mas querendo dizer outra e melhor, como eu recebo e processo tudo isso dentro de mim, aproveitando o que de melhor posso ter de aprendizado disso tudo.

Pois, tanto eu, como qualquer outra pessoa temos, ou já tivemos como comportamento, nos esconder atrás de desculpas ou até mesmo de mentiras, nos fizemos de vítima, em determinados momentos, não assumimos uma única responsabilidade sobre nossas atitudes, no final das contas, tudo isso nos fez aprender muito, principalmente no que “não fazer”.

A vida é uma caminhada onde podemos crescer e evoluir, ou ficar na mesmice do dia a dia, sendo medíocre das situações e o pior, sendo ruim para si mesmo.

Importante ressaltar, que temos direito de sermos felizes, de amarmos, aprendermos com as situações que vivenciamos, mas agora te pergunto você é realmente satisfeito com sua vida?

Muitos se julgam felizes, mas questiono: será que são satisfeitos? Vejamos o exemplo de um super empresário que ansiava possuir um carro esportivo de R$ 1.000.000,00 de reais, e da pessoa que mora no campo que estava terminando de construir sua casa modesta, pequena e simples.

Muito bem quando ambos conquistaram o carro e a conclusão da casa, independente de qualquer valor ou situação o ar de satisfação é o mesmo, então pare de querer sempre mais e mais pois a insatisfação dificultará a oportunidade de sentir o verdadeiro amor pela conquista e crescimento pessoal.


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital