• MARIO BASTOS

Eu podia, mas ....


.

Durante nossas vidas, nós perdemos muito tempo com situações que não nos acrescentam em nada e o pior, nós damos um valor totalmente desnecessário a essas situações.

Precisamos crescer, amadurecer e valorizar quem realmente merece, enfim, sermos felizes e termos paz de espírito na nossa vida, pois a leveza da paz não tem dinheiro que pague.

Porém para atingirmos esse estado, precisamos entender e aceitar que existe um processo para se chegar a esse estado pleno, com isso tanto nós, como quem está ao nosso redor, precisa entender e aceitar esse processo.

Quero demonstrar que é possível ser e fazer alguém feliz, pois todos nós temos defeitos, cometemos falhas, mas nem todos possuímos o amor verdadeiro pelo próximo, onde se ama sem nenhuma condição, puramente para ver e fazer o outro sorrir, ter friozinho na barriga ou perder o folego, e precisamos desenvolver este amor, para também podermos ser felizes.

Concluindo, podemos e devemos buscar o amor verdadeiro, mas é necessário que o outro esteja na mesma sintonia que você, pois assim facilita e muito esse encontro de almas, de corações.

Faça acontecer uma revolução na sua vida, pois ela é única para você viver, viva, aceite o outro como ele é, pois se o amor acontecer e prevalecer, vocês crescerão juntos.

“Podemos não ser perfeitos, mas nossos sentimentos devem ser.”

Mario Bastos


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital