• MARIO BASTOS

SENTINDO A VIDA


Com o passar do tempo, nessa loucura do dia a dia,.... o pagamento do cartão de crédito, preocupação com a família, o “sumidouro das suas energias”, também conhecido como trabalho, enfim um “ecossistema” que lhe absorve todo dia um pouco, você chega ao ponto de deixar a vida escorrer pelos dedos.

Temos sim que trabalhar, pagar nossas contas, conviver com nossos familiares, mas agora lhe questiono, até onde vale à pena fazer tudo isso de uma maneira frenética em busca de uma “pseudo” realização e sermos infelizes? Tristes? E nessa loucura, acabarmos envelhecendo, não somente fisicamente, mas de alma e espírito?

Para que querer sempre ter razão? Querer ser o “todo poderoso”? Ter controle sob tudo e todos? Querer ter poder? Dinheiro? Se no fundo o que você, eu e todo mundo precisa mesmo, é de felicidade, harmonia, paz, e é claro de amigos que verdadeiramente te amem. Que nos amem não só quando temos fama, poder e dinheiro e sim a todos os momentos, pois as alianças são formadas na paz, para serem efetivadas na guerra.

Sinta a vida, busque a felicidade dentro de você, não nos outros, ame o próximo como a ti mesmo, saiba aceitar o outro como ele é, acredite que Deus atua na tua vida das maneiras mais diversas, e tenha a certeza que Ele está no comando de todas as coisas, e que o que parece ruim hoje, amanhã será maravilhoso.

Não cultive sentimentos baixos e pequenos, pois tudo que você deseja para o próximo retornará em dobro para você, saiba que você não precisa esperar nada do próximo, pois Deus lhe dará o que precisa.

Sinta que a vida é o reflexo das suas atitudes, então procure ser feliz e não buscar no outro o que te falta.

“Feche os olhos, escute a voz do seu coração e seja feliz.”

Mario Bastos


0 visualização

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital