• MARIO BASTOS

Necessidade ou desejo?


Muitas vezes somos levados a pensar em nossas vidas, a fazermos uma retrospectiva, uma autoavaliação, pesarmos os prós e os contras de tudo que vivemos, para darmos prosseguimento à ela de uma maneira melhor.

Quando começo a refletir sobre isso, penso assim: o que é necessário para todos nós? Do que precisamos e o que desejamos? Percebi a complexidade de tudo isso e me atentei muito mais sobre esse assunto.

Nossa vida passa tão rápido que não temos tempo de realizarmos ou até mesmo de consertarmos muita coisa, então se faz necessário refletirmos muito antes de uma atitude ou situação que pode nos causar um dano ou um acerto a nossa vida.

Quando falamos então em desejos, imaginamos imediatamente algo e acabamos confundindo com alguns sonhos que temos seja de aquisições de bens materiais ou até mesmo imateriais. Desejo é aspirar, querer, expectativa de possuir. Num primeiro momento, “tudo é muito lindo”, mas cuidado, pois as coisas não são bem assim, pois por trás de um inocente desejo, muitas vezes vem a cobiça, a posse; então precisamos tomar muito cuidado com isso, pois tudo tem que ser muito bem dosado nesses nossos desejos.

Temos necessidades sim, de amarmos, de perdoarmos, de enxergarmos a vida de uma maneira diferente, e ainda mais de sabermos que só podemos doar aquilo que nos sobra e não o que poderá nos faltar. De sabermos e compreendermos que nossas necessidades serão sempre supridas por Deus, pois Ele é quem realmente nos dá o que necessitamos e não o que desejamos.

“Necessidades são supridas, desejos tem que ser avaliados”.

Mario Bastos


5 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital