• MARIO BASTOS

Sentir-se acolhido


Durante vários anos da minha vida, vivi e vivenciei várias situações, onde acolhi várias e várias pessoas, as quais passaram pela minha vida, e eu nunca ou por falta de oportunidade ou por qualquer outro motivo, perguntei o que seria ser acolhido por outrem. Não tinha ideia de como seria bom ser acolhido, mas efetivamente nunca busquei tal resposta.

E assim fui vivendo, de uma maneira automatizada, até mesmo sem graça, pois eu atendia a tudo e a todos e nunca efetivamente tive a oportunidade de sentir-me acolhido na sua essência por alguém.

Quando mais que de repente, fui colhido por uma oportunidade única, onde através do amor, eu fui colhido de surpresa, e tive a plena convicção e sensação do que é ser acolhido, e mais ainda, querido, amado e cuidado, como um ser único na vida de outra pessoa, possibilitando a mim sentir o bálsamo curativo que é o amor, e confirmar que esse sentimento completo e único pode transformar a vida de uma pessoa.

Efetivamente como é bom, acolher e ser acolhido, a partir dessas duas situações vividas, você, eu ou qualquer pessoa tem a plena convicção desse sentimento por completo, com isso você poderá se tornar um ser mais completo e preparado para viver essa nossa vida cheia de situações surpreendentes.

Viva e sinta todas as sensações e sentimentos de um acolhimento e de acolher alguém, principalmente quando você não conhece nada ou totalmente o outro, pois o acolhimento verdadeiro é aquele, que você acolhe sem esperar nada do outro.

“Acolha o outro, com todo amor que seu coração permitir”.


49 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital