• MARIO BASTOS

Tribunal ou Hospital?


Outro dia estava eu conversando com o pastor da igreja, comentando sobre a atitude de certas pessoas em “cuidar” da vida dos outros e ainda pior, de levar tais suspeitas e impressões a ele para que tomasse as devidas providências, isso se houvesse, é claro.

Ele com seu olhar sereno e toda a calma do mundo, olhou para mim e falou: “Meu querido, a igreja não é um tribunal onde julgamos as pessoas e sim um hospital, aonde quem vem à igreja, procura a cura espiritual”.

Saí de lá pensativo sobre aquele comentário do pastor, e procurei refletir sobre suas palavras, foi quando tracei um paralelo entre a situação que o pastor comentou comigo, com nosso dia a dia, onde muitos de nós vivemos julgando os outros, buscando os defeitos e deficiências alheias, para depois repercutir com seus amigos, colegas e até mesmo familiares, normalmente na busca de aprovação para continuar nessa busca incansável de julgar a tudo e a todos.

Então, por que ao invés de um tribunal, você, eu e todo mundo não nos transformamos em um hospital, onde poderíamos curar nosso próximo, através do diálogo, da atenção e principalmente do amor. Curarmos nosso próximo através daquele amor curador e transformador, que muitos de nós já tivemos a oportunidade de conhecer e principalmente sentir e guarda boas lembranças do mesmo.

Procure escolher o que você quer para sua vida daqui para frente, e não esqueça, tudo aquilo que você plantar fatalmente irá colher, então, o amor é muito mais palatável, verdadeiro e honesto de você repercutir.

“ Tribunal, absolve e condena, no hospital o amor cura a doença da alma “.


1 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital