• MARIO BASTOS

Enquanto isso


Uma vida bem vivida......, como será que se pode conseguir atingir essa plenitude, ao ponto de respirar livremente e sem preocupações, declarar que se viveu cada minuto da própria vida, ao ponto de lembrar-se de cada momento e aprendizado sentido e vivido dela? Uma vez, ouvi de uma pessoa que a oportunidade é como um cavalo com crina e sem o rabo, pois se esse “cavalo” passasse na sua frente, você teria que agarrar na crina dele, pois caso contrário você não teria mais como alcança-lo e perderia aquela oportunidade. Pensando nisso, comecei a traçar um paralelo com relação a minha vida, quantas situações eu deixei passar, por falta de objetividade ou até mesmo coragem. Constatei que por muitas vezes parei no tempo e no espaço, tive medo, insegurança, indecisão e enquanto isso, a vida passava sem efetivamente eu sentir, e acabou-se criando um vazio nela, apenas tempos depois, eu senti a quantidade de “cavalos” que eu perdi, ou melhor, que deixei passar. Como a vida está aí para obtermos vários aprendizados, isso me leva agora a sempre estar muito atento a todos os detalhes da minha vida, pois afinal é a única que eu tenho e eu sou o principal protagonista. Partindo dessa unicidade, do ser em atuar na sua própria vida, procure sempre entender e processar o que acontece. Em certas situações até alguém pode aconselhá-lo, orientá-lo como fazer, como se portar, quando isso acontecer esteja atento e ouça, pois de repente essa pessoa pode estar lhe oferecendo o “cavalo” que você precisa para resolver tal situação. “Enquanto você vive, sua vida torna-as intensa”.


1 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital