© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

A simples arte de amar

23/12/2018

 

A simples arte de amar

 

            Amor, ouvimos várias e várias pessoas falando essa palavra, os compositores colocando em suas canções românticas, os autores de livros com suas histórias com finais felizes, as novelas com verdadeiros enredos em torno desse sentimento, enfim, vamos pensar: amor é a palavra mais dita, escrita e pesquisada no planeta, mas a menos exercida efetivamente.

            As pessoas buscam esse sentimento, das maneiras mais variadas, em consultores especializados, literaturas, enfim, buscam realmente e não sabem o que, e nem aonde.

            Agora eu lhe pergunto: Você se ama? Sabe o que á amar? Já amou alguém? Perguntas que num primeiro momento você pode achar “coisa de doido”, mas muitos acham que amam e são amados, mas na realidade não estão nem próximos disso.

            Amar é ouvir o seu coração sem medo, é se entregar a esse sentimento de uma maneira sem questionar o porquê, pois o amor você não consegue enxergar, medir ou até mesmo pesar, você tem apenas que sentir, deixá-lo tomar conta do seu ser. É acordar sorrindo sem um porquê, é enxergar a beleza no espelho quando você acorda, é rir sem motivo, e sentir aquele “friozinho” na barriga só de ouvir a voz da pessoa amada no celular.

            O amor é transformador, ele faz o escuro ficar claro, a tristeza virar alegria, o estressante se alterar em gargalhadas, o difícil se tornar “facim facim”, e a indiferença se mudar em cuidado com o outro. A simplicidade em amar e ser amado é a grande chave para que tudo se transforme. A confiança, o dialogo e a verdade são premissas básicas para que o amor invada a relação e sustente-a de uma maneira leve e feliz.

            A sensação de amar é maravilhosa, é você incondicionalmente sentir que a pessoa está do seu lado porque ela quer e não porque você quer que ela fique. É querer dedicar-se sem pedir nada em troca, fazer sem esperar reciprocidade, saiba que tudo que você faz pelo outro, retornará para você em dobro.

            O amor entre duas pessoas é complementar, aonde um completa o outro, pois na caminhada do casal pode haver momentos mais turbulentos, nervosos, mas se você está unido (a) e ligado (a) de coração com seu par, nada, mas nada mesmo os abalará, pois o amor é a única maneira de se chegar à felicidade e plenitude do casal.

            Ame, mas ame verdadeiramente, não se arrependa, não se sinta nem ridículo, nem com vergonha, pois Jesus, nos amou sem condição alguma, e ainda atrelado ao amor, tem o perdão pois perdoar é divino, e o perdão é o bálsamo que curará suas chagas.

 

“Amar de verdade, é sentir que você é completo pois existe uma pessoa que te corresponde igualmente na mesma sintonia.”

 

Mario Bastos

 

           

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square