© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Enfim EU mesmo

22/07/2018

 

 

         Passamos a vida, buscando “modelos”, de comportamento; de como se vestir, do jeito de falar, de como abordar pessoas, de como ser líder, entre outras coisas.

         Ainda para nos condicionar ainda mais, o mercado nos oferece cursos, palestras, vídeos; de como ser isso, de ser aquilo, de como virar milionário, de como seduzir, de como emagrecer, de como engordar saudável, etc. Vale à pena ressaltar que existem estudos sérios, pesquisas sérias, profissionais de respeito, mas que existe também uma quantidade enorme de produtos e situações que são extremamente desnecessários para nossas vidas, mas mesmo assim adquirimos ou vivenciamos, e tudo isso nos afasta de nossa essência e até mesmo muitas vezes nos aliena da nossa realidade.

         Podemos também citar aquelas pessoas que investidas de “boa vontade”, “preocupação”, outras pegam pesado e utilizam da palavra “amor”, para querer conduzir nossas vidas, em nosso modo de ser, até mesmo no que comer, em como se vestir, etc. Mas, posso afirmar que existem pessoas que acrescentam e muito em nossas vidas, mas a quantidade é mínima, pois a maioria é puro controle ou até mesmo manipulação.

         Diante de tudo isso, peço a você, a mim mesmo e a todos façam uma reflexão e olhem para dentro de si e verifiquem como vocês estão hoje em dia, se realmente estão fazendo o que gostam, quando gostam, na hora que têm vontade, claro que sempre respeitando a individualidade do outro, mas sendo verdadeiramente VOCÊ, se respeitando, se amando, se cuidando, não esperando nada do outro, pois o outro vai lhe dar o que ele tem, mas de repente aquilo que ele tem não é o que você precisa, ou efetivamente quer, pois ele tem um DNA, e você outro.

         Receba e respeite o próximo, mas filtre o que vem dele, e utilize o que efetivamente o que VOCÊ quer, precisa ou goste, não aceite o que não lhe pertence, pois em algum momento você devolverá a ele, de uma maneira não positiva, então diante disso diga um “não” agora, do que um “adeus” no futuro.

 

“Faça o que gosta, pois assim seu sorriso será sempre verdadeiro.”

 

Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square