© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Amor de Pai

10/08/2015

Estava aqui hoje com meu “notebook”, pensando num tema para discorrer e formalizar um texto. Quando estava nessa dúvida, buscando inspiração para tal, de repente recebo no meu celular um vídeo que um amigo querido me enviou, com o aviso da mensagem, parei de ficar olhando para o meu “notebook” e fui ver o que teria chegado ao meu celular.

            Como disse acima, era um vídeo, vou confessar que não tenho muita paciência para ficar em frente ao celular assistindo a vídeos recebidos, mas resolvi assistir a este, ao final com os olhos cheios de lágrimas, pois me emocionei, e mais ainda, a minha inspiração começou a tomar conta de mim, voltei a travar comunicação com meu “notebook”, e assim comecei a digitar.

            Durante a minha vida, conclui que o verdadeiro amor é o amor de pai (ou mãe é claro), pois, é o amor incondicional, aquele que independente da situação, estado de espírito ou até mesmo fome, o pai tira o pão da sua boca e alimenta o filho, se ficarmos discorrendo historias, ficaremos várias e várias laudas aqui discorrendo sobre isso.

            Se fecharmos os olhos, imaginamos a figura do pai, o pai perfeito, na minha visão poderemos pensar em Deus, aonde deu seu próprio filho em sacrifício por todos nós. Mas vamos nos ater a nós seres humanos normais, que temos como características paternas, a proteção, o cuidado, a palavra amiga e aconselhadora, a doação até mesmo de um órgão em prol do seu filho.

            Esse espírito paterno está dentro de qualquer ser humano na face da terra, basta você acioná-lo através desse amor incondicional, aonde não existe nenhum tipo de retribuição aparente, apenas fazer a sua parte e doação.

            Pois reagindo dessa forma, a prosperidade, felicidade e principalmente o amor baterá todos os dias a sua porta, pedindo permissão para preencher seu ser.

            Aceite esse “pai” que existe dentro de você, pois ele como todo pai quer o melhor para seu filho.

 

“O pai é aquele que enxerga no coração do filho, o que o filho não consegue sentir”.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square