© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Tudo tem sua hora

19/03/2015

Atualmente os seres humanos são impelidos a desenvolver uma “velocidade” fora do comum, às vezes além de suas próprias forças, chegando ao ponto da estafa física e mental, fazendo com que a sua capacidade de raciocínio e de se postar diante da vida enfraqueça dia a dia.
Compromissos, família, amigos, amores, todo um universo que te cobra atenção e dedicação de uma maneira ou outra, então você procura se dedicar a todo esse grupo de pessoas e situações, fazendo “das tripas coração” para não decepcionar ninguém.
Olhando todo esse emaranhado de situações e relacionamentos, gostaria de perguntar, tanto para mim mesmo, como para você: Será que tudo não tem sua hora? Será que você não está atendendo e agradando a todos e deixando de lado a você mesmo? Será que você não está envolvido de tal maneira que está se distanciando de você mesmo?
Partindo do princípio que um ser humano é diferente do outro, traçamos uma linha que diz então que cada ser humano tem seu jeito próprio de ser e agir, com potencialidades e deficiências, um DNA único e que as pessoas se aproximam das outras por possuírem pontos em comuns no tocante a gostos, personalidades e até mesmo a “hobbyes”.
Precisamos entender que não “SOMOS” e sim “ESTAMOS”, como por exemplo, ninguém é de ninguém, posse, “brinquedinho”, fantoche, marionete ou qualquer outro adjetivo que vier a sua cabeça nesse momento. Num relacionamento entre duas pessoas, aonde nota-se nitidamente que existe a possessão, sempre existirá uma pessoa sofrendo e outra também , sem saber os malefícios que está gerando tanto para ela como para seu par.
A maioria das pessoas não entende que cada um tem seu tempo certo para atingir seus objetivos e metas, não existe o respeito por parte do seu próximo, daquela pessoa que está ali do lado “para o que der e vier”.
Essa falta de entendimento e compreensão é fato, pois a maioria das pessoas pensa, fala e age como quer, esquecendo que existe outro ser humano do lado, que também tem sentimentos, opiniões e principalmente a necessidade de ser respeitado.
No mundo dos relacionamentos, sabemos que podemos crescer e aprender muito, basta estarmos conscientes que todos têm os mesmos direitos e deveres perante a sociedade que convive.

“O tempo certo, é aquele que Deus lhe permite para a realização de seus sonhos”.
MARIO BASTOS

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square