© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Quero mais, para que?

29/06/2015

Estamos numa sociedade consumista, do descartável, aonde aquilo que não nos faz bem ou estraga, ou até mesmo não queremos mais, jogamos simplesmente fora, sem ao menos entender o porquê das coisas.

         Existem também outros comportamentos que derivam deste “consumismo exagerado”, aonde compulsivamente você sai loucamente adquirindo coisas, sem a devida necessidade ou entendimento do porquê.

         O importante é observar que esses comportamentos “externos”, nós trazemos para “dentro de nós”, pois por vários motivos eu, você ou qualquer um, quer coisas ou até mesmo pessoas sem realmente entender o porquê.

         Querer um presente, um emprego, uma posição social enfim, sonhos e desejos, todos tem algum, mas para ter precisamos entender em primeiro lugar, se realmente precisamos daquilo, se será benéfico, se é por necessidade ou apenas por gosto.

         O querer faz parte do ser humano, pois o querer positivo, benéfico é aquele que impulsiona, lhe motiva, faz com que esse querer traga muita experiência e vivencia ao ponto do amadurecimento e do autoconhecimento, pois o querer é o inicio da realização do sonho.

         Quando você quiser algo que seja realmente imprescindível na sua vida, que seja de uma maneira leve e verdadeira, e saiba que realmente se não acontecer é porque não era a devida hora de acontecer.

“Querer é bom, mas fazer por querer é melhor.”

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square