© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Preciso de Você

18/03/2015

Quem algum dia, não proferiu esta frase? Para uns, somente pensar em necessitar de alguém, já ficam arrepiados de orgulho, falar então, nem pensar, para outros precisar de alguém já é profissão, mas vamos analisar mais a fundo esta expressão tão importante para nós, meros e simples humanos normais.
Comecemos analisar com uma pergunta: “Você consegue sobreviver neste mundo sem precisar do auxílio ou ajuda de alguém?”, “Se vira sozinho?”.
No meu pensar, gostaria que todos efetivamente necessitassem uns dos outros, pois existem várias correntes de pensamentos (religiosos, políticos, etc) que não individualizam o ser humano, isso quer dizer que você não é único, mas que você somente precisa para viver, daquele determinado grupo, o qual compactua com suas idéias (religiosas, políticas, idealístas, etc), pois com este grupo social que convive, você se sente bem porque pensam igual ou do mesmo jeito, gostam basicamente das mesmas coisas, até às vezes torcem pelo mesmo time de futebol. Como é gostoso compartilhar todos os nossos prazeres, direitos e deveres com um grupo que “fala a mesma língua”. Realmente deve ser prazeroso, mas será que é assim em todos os momentos de nossas vidas? No trabalho, em casa, na escola, na sociedade, etc., este tipo de pensamento deixamos para cada um decidir o que é ou deixa de ser.
Vamos agora voltar na história do descobrimento de nosso país, e pensar como foi que os portugueses, nossos descobridores, se comunicaram com nossos ancestrais, os índios, será que foi fácil? E os costumes, a comida, enfim, a integração de dois povos que nunca se viram na vida e de repente precisaram conviver do mesmo pedaço de chão? E os jesuítas como será que eles fizeram? Muito bem, depois de todas essas indagaçoes, eu lhes pergunto: “Será que é tão difícil você precisar de alguém?” Não importante se você está numa condição boa (financeira, saúde, etc.) Eu lhes digo que sim, como é bom ter uma pessoa ao nosso lado, para nos ouvir, para conversar, para se arriscar naquele empreendimento, para “puxar” nossa orelha quando necessário, para até às vezes nos dizer “Não”, imaginem um mundo sem as associações, sem as alianças estratégicas, sem as amizades, mas verdadeiramente a palavra necessidade, no sentido de cumplicidade, parceria, união, associação, etc.
Imaginem o profeta Moisés caminhando sozinho no deserto, Jesus profetizando o amor apenas para os animais silvestres, Ayrton Senna comemorando uma vitória, sem torcida, parou para pensar? Então amanhã quando acordares pense o quanto és importante para o universo, e quanto o universo é importante para você, nesse nosso processo de evolução da humanidade.

“Ninguém é tão pobre, que não tenha algo para dar, e tão rico que não tenha algo a receber”.
Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

CUIDADO PARA QUANDO A FICHA CAIR..

09/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square