© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Mirem-se no exemplo daquele homem em Atenas

18/03/2015

Atenas, Grécia último dia das Olimpíadas, a prova historicamente, a mais importante de todos os jogos olímpicos, e lá estavam competidores do mundo inteiro, com um único objetivo ser o vencedor e ganhar a medalha de ouro.
Foi dada a largada, dezenas de homens correndo por um percurso total de mais de quarenta quilômetros, e lá estava o nosso representante, Wanderlei Cordeiro de Lima, que num dado momento da prova assume a liderança, e assim vai percorrendo as ruas da cidade com o objetivo de vencer, pois está atrás desse sonho há doze anos, e para isso se preparou e muito.
Após muitas passadas sofridas, sob um sol escaldante, lá está o nosso “herói”, correndo em direção a vitória, quase chegando ao final, com seus adversários todos para trás, já sentindo a medalha de ouro em seu pescoço, sorrindo e feliz por estar em primeiro lugar, quando mais do que de repente aparece um sujeito e o agarra e em questão de minutos acaba com o sonho do nosso maratonista.
Mesmo assim ele se levantou, e retornou a prova e ainda chegou em terceiro lugar, o Brasil inteiro se revoltou com o incidente, os dirigentes se revoltaram e foram procurar os direitos do atleta, pleiteando a medalha de ouro.
Toda a imprensa mundial foi correndo atrás do nosso atleta para saber qual a sua opinião sobre aquela situação desastrosa para ele e todo o nosso país. De imediato, Wanderlei declarou que mesmo com o terceiro lugar ele estava muito feliz, pois tinha alcançado seu sonho, e ainda ofereceu suas flores a pessoa que o tinha agarrado minutos atrás.
Após aquela declaração, os repórteres ficaram surpresos e os dirigentes continuaram apelando aos órgãos competentes para reparar tal situação.
Mas vamos no ater ao maravilhoso exemplo que o nosso atleta nos deu, mesmo a metros da realização do seu sonho, sentiu que o mesmo desapareceu, mas de repente ele se sentiu feliz, com a medalha de bronze, mas logo após a prova ele foi consagrado com uma medalha que anteriormente só um outro atleta havia ganhado, a qual acredita que seja mais importante que a medalha de ouro, principalmente pelo seu valor histórico.
A lição que devemos levar, é que diante de um objetivo a ser alcançado, às vezes não é aquele, mas Deus nos reserva um melhor ainda, mesmo que demore um tempo, no caso do nosso atleta foram doze anos de preparação. Por este motivo persevere sempre pelo seu sonho, porque no dia certo você alcançará.
Sinta, sua vida é uma maratona, só que com muitos obstáculos, os quais você deve conhecer um a um, para poder superá-los, e desfrutar as experiências que somente você saberá distinguir. Então, o que você está esperando, comece a “correr”.

“As pedras no caminho de sua vida sempre vão existir, agora vai de você transpô-las, quebrando as mesmas ou desviando delas. A escolha é sua”.

 


Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square