© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Folhas que caem

18/03/2015

Observando a natureza, a qual, julgamos ser o único “ser” perfeito no universo, dela tiramos muitas lições, basta observarmos por alguns minutos para entendermos o quanto precisamos aprender com ela.
Exemplos de sociedades organizadas, com uma hierarquia perfeita, no caso das formigas e das abelhas, “cadeias alimentares”, disseminação de sementes, adaptação por parte de algumas espécies de animais.
Uma perfeita harmonia entre fauna e flora, convivendo por milhares de séculos, num perfeito ciclo da vida,... e tudo isso aí diante dos nossos olhos, para nos ensinar a viver e não a simplesmente sobreviver.
Agora, abstraindo da natureza o exemplo de uma árvore, bonita, frondosa, alta, com muitos galhos e carregadas de folhas, devemos refletir. Essa árvore podemos compará-la a uma pessoa, aonde os galhos são seus relacionamentos sociais (amigos, colegas, parentes) e as estações do ano como ciclos que essa pessoa passa e vivencia. Nas folhas desses galhos o afeto, carinho, o emocional de cada relacionamento mantido com as pessoas que fazem parte dessa sociedade.
Podemos ainda comparar as formigas que se alimentam dessas folhas como aquela energia que quer retirar de nós a beleza de uma bela amizade, de um grande amor, de um relacionamento perene.
Mas, se continuarmos a observar essa árvore sendo efetivamente desfolhada por essas formigas, podemos notar a força que ela possui em resistir a esses ataques cruéis, aonde essa energia vem e dilacera uma folha arrancando-a para sempre do convívio do galho e da árvore e se alimentando do que ela extraiu.
Essa árvore se renova, mantém sua estrutura firme, forte, vem à chuva e arranca a formiga da árvore, os ventos a expulsam dos galhos, aliados fortes da árvore, idealistas que uma amizade, vale mais do que qualquer coisa.
Mas mesmo assim ainda algumas folhas caem, são levadas da árvore, com o intuito de nunca mais voltar ao convívio da árvore, mas saibam que essa árvore será sempre grata pelos momentos que elas conviveram juntas, harmoniosamente em uma conjunção perfeita.

“Quando uma folha cai de uma árvore, é porque o ciclo de convivência já terminou entre elas”.
Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

CUIDADO PARA QUANDO A FICHA CAIR..

09/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square