© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

Bateu asas e...

18/03/2015

Na vida, passamos por uma série de processos, os quais nos levam a um aprimoramento pessoal e assim desenvolvemos técnicas, talentos e uma maneira de viver cada vez melhor.
Todos nós temos esse direito de ir à busca da evolução, espiritual, mental e física, mas tudo isso vem, se seguirmos em busca do autoconhecimento, do “caminho inverso” ou da “estrada interna”. Por um bom tempo, em nossas vidas, nos ensinaram que deveríamos conhecer os outros, fazer amigos, mas de que adiantaria tudo isso, se não nos conhecermos o suficiente?
Para que o processo de autoconhecimento seja eficaz, é necessário que nós estejamos dispostos a enfrentar nossos “fantasmas”, nossos medos, de uma maneira simples, sem exageros, pois assim a vida se tornará “mais leve” e o amargo, se transformará em mais doce, a dificuldade em aprendizado e você num ser humano melhor.
A maior dificuldade que possuímos, é que não entendemos a vida como ela funciona, sua velocidade, seu ritmo, e aí vamos “brigando” com ela, sem entender os “porquês”, e de repente vamos fugindo de nós mesmos, praguejando, se irritando e até ficando de mal com a própria.
Outro sentimento que prejudica e muito a caminhada do ser humano para o aprimoramento pessoal é o apego, sim, apego as coisas, as pessoas, enfim a tudo, abrindo assim a porta para o ciúme, a posse, a possessão, é uma venda que cega as pessoas, uma necessidade de ter alguém ou “alguéns” do lado, para até mesmo manipular, utilizar para seu bel prazer, a ponto de sugar até “secar” seu semelhante.
Amigo (a) entenda que ninguém é senhor da razão, ninguém é posse de ninguém, nada é seu, e se pensares bem, nem sua própria vida é sua, pois quando você menos imagina, ela é tomada de você.
Se alguma coisa fugiu de vista, escapou do seu controle, ou simplesmente “bateu asas e voou”, aceite e agradeça a Deus, pois recebeste mais uma mensagem divina, sinalizando que você não necessita mais daquela “muleta” para prosseguir a caminhada da sua vida para o encontro consigo mesmo.
“Se voou, agradeça enquanto esteve a seu lado, pois assim serás abençoado por Deus”.
Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

CUIDADO PARA QUANDO A FICHA CAIR..

09/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square