© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

A segurança é relativa

18/03/2015

Desde os primórdios de nossa civilização, o ser humano necessita de uma série de coisas, como o alimento, relacionamentos com seu semelhante, abrigo, entre outras coisas.
Com o passar dos séculos essas mesmas coisas e sentimentos continuam em voga, mas vale a pena ressaltar que outros sentimentos vieram fazer parte das necessidades do ser humano.
Podemos citar como exemplo, o sentimento do homem de se sentir seguro, isso, a segurança, aquela que necessitamos para nos sentirmos fortes e plenos, para enfrentar a vida de uma maneira mais fácil e tranquila.
Um teto para morar, um ombro amigo, um emprego, de preferência cargo público, uma herança, enfim, situação ou coisas que lhe permita respirar tranquilo, colocar a cabeça no travesseiro, dormir e saber que nada o incomodará, independente do que aconteça no mundo.
Mas será que tudo isso lhe proporciona uma segurança total? Será que a vida seria gostosa sem muitas emoções? E esse seu aprendizado como seria?
Muitas pessoas precisam estar seguras para dar seus passos, para a sua progressão, dizem que não se dá um passo desde que ele seja calculado, pois elas tem medo de se darem mal. Economizam uma vida inteira para realizar seus sonhos e desejos, uma viagem, uma aquisição de um imóvel, entre outros.
Agora vamos analisar, a maioria das pessoas busca essa segurança, mas para que? Economizam uma vida inteira, mas não conseguem calcular quando a morte chegará, e se de repente uma crise mundial, como acabamos de passar acaba com suas economias e lhe deixa sem nenhum recurso?
A segurança tão almejada, por um lado é saudável, mas por outro lado lhes causam outras “inseguranças”, como o medo da perda de bens materiais, pessoas, aí começam a se sentir fracos e com o espírito de inferioridade, pois eles “param” no tempo e no espaço, não se aperfeiçoam, e assim se escondem atrás das suas deficiências.

“A verdadeira segurança é saber que você está vivo e pronto para viver intensamente”.
Mario Bastos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square