© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Assessoria Digital

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

A hora da partida

18/03/2015

Tudo nas nossas vidas depende de estarmos conscientes de que nossas atitudes gerarão conseqüências positivas ou negativas.

Quem vai dar a direção destas atitudes será nosso coração, pois, às vezes, o que pensamos que num primeiro momento não será bom para nós, logo após transforma-se numa felicidade inestimável.

Diariamente nosso coração se torna uma “estação de ferroviária”, pois simbolizo cada situação como um trem que vem de algum lugar, passa pelo nosso coração (que é a estação) e parte para o seu destino.

Porém, temos que levar em consideração que nosso coração, além de muito amor, ainda é formado de apegos, possessões, paixão, ciúme e preocupações, dentre as quais, julgo ser a maior delas, aquela denominada “Preocupação de Mãe”.

Sabe aquela mãe que como uma leoa, protege sua “cria” com unhas e dentes para que nada de mal aconteça a seu filho? Dá banho, fica noites e noites sem dormir, pois seu “filhote” ficou doente ou não parava de chorar.

Os anos se passam... e de uma hora para a outra seu filhote cresce e ela não enxerga, melhor ainda, não sente essa transformação que seu filho passou desde quando era bebê. Agora já é um adolescente, lindo, forte e saudável.

De repente, ele chega diante dos seus pais e diz que chegou a hora de enfrentar seu destino – sozinho - e com aquela coragem, de um desbravador dos sete mares como existem nos livros de histórias.

Você sente que é a hora da partida. Aquele momento que você nunca esperou que fosse acontecer na sua vida! Somente acontecia na vida dos outros, seus amigos, parentes etc.

Seu chão some , a boca seca, os olhos estatelados diante daquele filho, o qual você fica confusa entre aquele menino todo sujo de terra no seu quintal e aquele homem que está dizendo tudo isso na sua frente.

O coração acelera, a “estação” entra em confusão, mas não adianta: chegou a hora! O filhote criou juba, a ave está com pena nas asas e pronta para voar. Perguntas vêm a sua mente: O que devo fazer? Como reagir? O que responder?

Então lhe digo, respire fundo, olhe dentro dos seus olhos, sinta o calor do seu coração, e diga: Saiba que és responsável. a partir de hoje, por toda e qualquer atitude que tomares. Então, meu filho, seja feliz!

Eu sempre te amarei.

“A partida de hoje é o passaporte para o sucesso de amanhã”.
Mario Bastos.
 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Linkedin
Please reload

Destaques
Posts Em Destaque

TELA AZUL

15/11/2019

1/6
Please reload

Artigos Recentes

15/11/2019

19/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Twitter Basic Square