• Mario Bastos

Um dia após o outro

Com o passar dos anos, dos dias e de certas situações, que acontecem na vida da gente, temos a oportunidade de aprender e muito com nossa própria vida.

Com a morte de minha mãe, tive a oportunidade de perceber e sentir o quanto faz bem viver. um dia após o outro, mas não de uma maneira automática e sim viver verdadeiramente como se esse dia fosse o último de sua vida.

Realize, fale o que sente, ria, chore, declare seu amor, abrace, beije, faça tudo o que teu coração pede, pois assim eu fiz nesses últimos anos com minha mãe, e quando ela partiu, pude sentir o quanto foi bom ter feito tudo que eu tinha vontade com ela.

Diante disso, hoje eu tenho muitas lembranças boas, imagens e principalmente um coração cheio de amor, sim o verdadeiro amor que posso transmitir ao próximo.


“Não desperdice nem um minuto de sua vida, pois ele não volta mais. ”
Mario Bastos


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo