• MARIO BASTOS

“Não “, é bom.


“Não “, é bom

Vivemos num mundo de dualidade, do belo e do feio, do tudo ou do nada, do certo e do errado e também do sim e do não.

Desde muito pequenos, ouvimos muitos e muitos “nãos”, e ficamos tristes, chateados e criamos o maior “clima” diante de uma resposta negativa.

E daí, crescemos e continuamos a nos arrepiar diante dessa importante palavra, pequenina, mas de enormes consequências.

Encaramos essa palavra como sinônimo de rejeição, coisa negativa, algo que é ruim para nós.

Agora vamos parar um pouco com essa energia do “não”, de uma coisa ruim e vamos pensar no sim, imagine se sua mãe fizesse tudo que você gostasse e quisesse fazer , como seria?

Se você passasse sua juventude, só ouvindo “sim”, para suas vontades e desejos, como ficariam as coisas ao seu redor?

O “sim”, conforme nossa cultura é uma coisa boa, que só traz coisas positivas e tudo é maravilhoso, será?

Se fizéssemos tudo que tivéssemos vontade muitas coisas iriam dar problemas, pois não podemos esquecer que existem outras pessoas ao nosso redor.

O “não”, ele vem na nossa vida como momento de aprendizado, de avaliação, de reestruturação de vida, precisamos receber “nãos” na vida, ficamos tristes, chateados no momento, mas depois iremos sentir a evolução que tivemos com essa situação vista como negativa.

A grande verdade da vida é saber trabalhar com as duas situações, e tirar o maior aprendizado delas, pois o “Sim” e o “Não” sempre farão parte de nossas vidas.

“Aprenda sempre com o sim e o não”.

Mario Bastos


3 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital