• MARIO BASTOS

Que amor é esse?


Amor é a palavra mais dita pelas pessoas no mundo, mas a menos exercida, efetivamente fiquei observando atos e atitudes das pessoas quando falam sobre esse sentimento, o qual se trata do mais importante nesse mundo, mas acabam banalizando-o.

Podemos começar pelo verdadeiro amor, o amor de um pai pelo seu filho, como o de Jesus Cristo pelos seus filhos, o amor que é incondicional, aquele que independe se o filho o ama ou não, o amor sempre será maior que qualquer sentimento, um amor cheio de perdão, para que se necessário for, perdoar centenas de vezes no mesmo dia, ele estará pronto para tal.

Um amor que faz sem esperar nenhum tipo de retorno da parte de quem está recebendo tal bálsamo, aquele amor que acredita que tudo é possível e até mesmo o impossível.

Neste momento, comece a refletir: será que você ama efetivamente alguém? Será que você consegue enxergar alguém além de seu amor próprio? Será que o próximo é mais importante do que você?

Pense se você vem exercendo o poder do amor, do amar ao próximo, de se doar pelo outro, antes de pensar em si próprio, até mesmo se você não está com seu amor adoecido, sim, doente de ciúmes, posse, pois o extremo de amor é extremante prejudicial, pois existem certas distorções de amor doentio, como o amor patológico, a submissão, entre outras.

Então, chegou o momento de parar e repensar na sua vida, pois, a falta do amor ou até mesmo o excesso, pode lhe causar danos enormes, procure fazer do seu amor um sentimento completo, amplo e totalmente desapegado de qualquer tipo de cobrança ou amarras.

Ame hoje, pois o amanhã será fruto do que cultivas.


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital