• MARIO BASTOS

Sempre é tempo


Na vida podemos ter a possibilidade de escolha, a antiga lei do “livre arbítrio”, e diariamente exercemos essa lei, mas por uma cultura que vivemos, a qual normalmente é a cultura do negativo, acreditamos que temos que sofrer para obter ou alcançar algo. Outro fator que nos incomoda, é que não acreditamos que é possível alcançar e sentir certas coisas, ou pela idade, ou porque já está fora de moda, ou até mesmo o que vão pensar de você. Agora, pergunte a uma pessoa que recebeu uma notícia que terá apenas seis meses de vida, ou para alguém que tem mais de 80 anos de idade, o que eles pensam dos outros, ou o que eles querem fazer está fora de moda, ou que ela já está “velha” para tal. Qualquer pessoa que está nessa situação, falará que: “está pouco ligando”, que ela quer mais é viver e ser feliz pelo tempo que lhe resta, pois é uma certeza, mas nunca sabemos quando deixaremos essa vida. Então vou levantar a bandeira do “Sempre é tempo”, pare de se preocupar com o que existe ao seu redor, pessoas, coisas, situações e faça o que tiver vontade e principalmente o que seu coração diz, pois a sua felicidade o seu destino, está internalizado, basta você colocá-lo para fora e traçar o rumo de sua própria vida. Dance, pule, cante, ame, faça tudo que quiser, mas faça intensamente, pois essa energia transformará sua vida, suas atitudes a ponto de você reconhecer o verdadeiro “eu”, que existe dentro de você, e que está pedindo licença para lhe fazer feliz. “Sempre é tempo, basta acreditar que é possível”.


0 visualização

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital