• MARIO BASTOS

Páscoa - Agradecimento


O verbo perdoar conforme o dicionário, diz o seguinte: “Desculpar, absolver; conceder perdão; ser humanitário”. Realmente essa palavra é muito forte, mas pouco compreendida e exercida por nós. Normalmente escutamos das pessoas: “Eu o perdoei pelo que fez”, “Com certeza, eu a perdoei” enfim, se você fizer uma retrospectiva em sua vida, se lembrará que várias situações você até mesmo passou por um momento parecido, mas será que você utilizou o poder do perdão? Um dia ouvi dizer que o poder do perdão não vem dos homens, mas sim verdadeiramente de Deus, pois o poder do perdão é divino, então novamente pergunto: será que somos seres divinos? Em nossas vidas, desde pequenos somos pressionados pelo negativismo (não mexa, não faça isso, não coma aquilo, etc.) aí criamos dentro de nós a “cultura do medo”, o “terror do Não”, verdadeiros temas de filmes de horror, só que não são títulos de filmes, mas sim fases e situações de nossas vidas, que às vezes nem lembramos, pois nos fazem muito mal. Recordando, chegamos a nos lembrar das situações em que precisamos perdoar e neste instante o poder de Deus toma conta do nosso ser e realiza um verdadeiro milagre, pois o perdão é para sempre. É único e transformador. Após o perdão, a pessoa que é perdoada, sente que o mundo se abre para ela, consegue enxergar não só a árvore, mas sim a floresta inteira, adquire o poder da visão ampliada, como se diz na gíria “visão 180 graus”. E por conseqüência a pessoa que perdoa, sente que uma enorme “rocha” sai de cima dela, mas principalmente sai de dentro do seu coração e o verdadeiro milagre se realiza nas vidas dessas pessoas, lhes trazendo assim muitas alegrias para o dia a dia . O poder de perdoar faz com que as pessoas possam andar de cabeça erguida e peito aberto nas ruas da cidade, mas principalmente se sentirem bem com si próprias, pois isso é o mais importante para sua auto estima. Sabemos também como são e ficam as pessoas que não possuem ou não adquirem este poder, normalmente elas não são felizes, vivem praguejando pelos cantos, e muito tristes achando que o mundo inteiro está contra elas. Saber perdoar é saber o momento exato para praticar o milagre com seu próximo, e assim viver feliz. "O poder do perdão é como aceitar o próximo por inteiro" MARIO BASTOS


0 visualização

Avenida Rudolf Dafferner, 400 - Praça Maior - Boa Vista - Sorocaba/SP

© Mario Bastos - Desenvolvido por Infoqplan Performance Digital